Nosso Blog
Aproximação de grandes empresas com startups do esporte

Aproximação de grandes empresas com startups do esporte

Não é novidade que as novas tecnologias e a transformação digital estão impactando cada dia mais todos os setores da sociedade. Em especial, o empresarial e suas relações profissionais. Com o mundo esportivo, não está sendo nada diferente. Muitas ferramentas tecnológicas têm revolucionado a cadeia esportiva e promovido a aproximação de grandes empresas com startups do esporte.

Essas startups facilitam o networking profissional de todos os envolvidos na teia de relacionamentos esportiva, propiciando e acelerando os contatos entre amadores, esportistas, patrocinadores, clubes, federações e demais instituições esportivas.

O que é uma startup do esporte?

Para entender o que é uma startup do esporte, é preciso antes entender o que é uma startup. Trata-se de uma empresa em emergência, que:

• Tem um modelo de negócio inovador:
Uma das principais diferenças entre uma empresa comum e uma startup é justamente ter um modelo de negócios e não um plano de negócios, tão característico dos empreendimentos convencionais.

Isso, pois o plano procura atingir metas por meio do foco em estratégias específicas, centrando-se no produto e na rentabilidade alcançada por ele.

Já o modelo de negócios, por sua vez, mantém o foco no cliente e em gerar soluções que resolvam um ou mais problemas específicos dele.

• Geralmente, é de base tecnológica:
A maior parte das startups é de base tecnológica, porque faz uso da internet. E ela é um dos instrumentos mais potentes e imbatíveis na hora de alcançar esse gigantesco número de pessoas.

• Possui um modelo de negócio que pode ser repetido e escalável:
Ser repetido e escalável significa que o produto ou serviço consegue alcançar uma enorme quantidade de clientes de forma extremamente rápida, gerando alto lucro.

Existem startups nos mais variados segmentos, como:
– Construção Civil, com as construtechs;
– Contabilidade, com as accountechs;
– Direito, com as legaltechs ou lawtechs;
– Finanças, com as fintechs;
– Biotecnologia, com as biotechs;
– Agricultura, com as agtechs;
– Educação, com as edtechs;
– Indústrias, com as indtechs, entre tantos outros.

Portanto, uma startup do esporte, ou uma sportstech, é uma empresa em desenvolvimento que, em sua maioria, faz uso de tecnologia e inovação para impactar os atores do mundo dos esportes, solucionando suas dores, seus problemas e suas dificuldades.

As sportstechs já estão em grande crescimento na Europa e nos Estados Unidos. No Brasil, ainda são uma novidade. Mas, apesar disso, estão em ascensão e já fazem muito sucesso, pois estão revolucionando o mercado esportivo, que sempre foi tão conservador, desigual e escasso de investimentos no país.

Alguns exemplos de startups do esporte são as que fazem uso de aplicativos, redes sociais e plataformas digitais para favorecer as relações entre atletas e grandes empresas, clubes e federações.

Tecnologia e conexões profissionais

A transformação digital tem impactado de forma expressiva o mundo empresarial e as conexões profissionais, como mencionado lá em cima.

É muito comum, hoje, vermos processos seletivos sendo realizados pela internet. Desde a inscrição até o envio de vídeos, testes de lógica, de línguas estrangeiras e técnicos, tudo online. Incluindo, muitas vezes, entrevistas com RH e gestores do setor.

Outro aspecto tecnológico do mundo do trabalho são os profissionais freelancers e home office que podem trabalhar de qualquer lugar usando seu computador e conectados a alguma plataforma digital.

Os esportistas, é claro, não podem trabalhar a distância, mas também já estão sendo recrutados via internet.

Como a internet está revolucionando o mundo esportivo e o recrutamento de atletas

As ferramentas tecnológicas conectadas à internet estão revolucionando o mundo esportivo e aproximando grandes empresas de grandes atletas.

As startups do esporte permitem que os atletas façam um cadastro com todos os seus dados pessoais e profissionais. Como tudo fica visível na rede, eles são encontrados muito mais rapidamente por possíveis patrocinadores, por clubes e por federações.

Por outro lado, todas as instituições esportivas e/ou ligadas ao esporte também podem se cadastrar, aumentando sua visibilidade e de seus atletas, no caso dos clubes.

A busca por profissionais do esporte também é facilitada. Vários atletas estão sendo pré-selecionados nessas redes sociais do esporte através de vídeos com momentos de sua carreira que exemplifiquem sua performance.

Networking entre todas as pontas do esporte

A AtletasNow é uma dessas startups do esporte que têm revolucionado a vida dos atletas e acelerado sua aproximação de grandes empresas. Mas, para além disso, essa plataforma digital é a primeira que promove também as conexões entre outras e essenciais pontas do mundo esportivo, como treinadores, nutricionistas, fisioterapeutas e juízes, por exemplo.

Quem pode se cadastrar

Todos os atores da cadeia esportiva podem fazer parte dessa rede:

• Atletas;
• Clubes;
• Profissionais do esporte: todos os profissionais que prestam serviços aos atletas e/ou aos clubes e federações do mundo esportivo;
• Confederações e federações.

Quais são os benefícios de fazer parte da AtletasNow?

A rede abarca mais de 80 modalidades de esporte. Atletas, profissionais e instituições do mundo todo podem participar.

Os benefícios de estar na plataforma abrangem perfil oficial com todos os dados, publicação, estatísticas oficiais, visibilidade, oportunidade de patrocínio para os atletas, contato e comunicação com outros profissionais do esporte, conteúdos exclusivos, seleção e recomendação de atletas, divulgação de serviços, entre outros.

Como a AtletasNow surgiu

A AtletasNow é uma iniciativa do brasileiro e ex-jogador de basquete universitário José Pedro de Mello, CEO da startup, que tem apenas 20 anos. Ele atuou tanto no Brasil quanto nos EUA e pôde perceber as diferenças entre as duas realidades.

O esportista e empresário notou as principais dificuldades relacionadas ao esporte em território brasileiro, principalmente para atletas ou aspirantes a atleta que vivem no interior. Esses esportistas encontravam e ainda encontram muitos empecilhos para acessar toda a cadeia esportiva, como clubes, treinadores e patrocinadores.

Por isso, José Pedro de Mello decidiu criar uma ferramenta que facilita e acaba com esse problema. Evitando, assim, que muitos percam oportunidades e que grandes talentos sejam desperdiçados.

Inaugurada em junho de 2019, a AtletasNow, como a maioria das outras startups, é uma inovação disruptiva e hoje é a maior rede de atletas do Brasil, conectando milhares deles a toda a rede esportiva. Conheça mais sobre nossos serviços e cadastre-se em nossa plataforma.

[]