Nosso Blog
Deyveson Oliveira

Deyveson Oliveira

Na madrugada do último sábado (19) para domingo (20), Deyveson Oliveira, de 32 anos, estava ansioso. O faixa-marrom sabia que, em questão de instantes, o resultado da seletiva de patrocínio AtletasNow seria divulgado nas redes sociais. Quando viu seu nome entre os contemplados, Deyveson vibrou. Mas naquele momento, o lutador não estava na companhia da família ou dos parceiros de treino. Ele estava trabalhando como segurança em uma boate.

O retrato dá o tom dos sacrifícios que Deyveson precisa fazer para se manter no esporte – e sobreviver, de uma forma geral. Mas este é só um pedaço da sua história. Nascido no Amapá, o lutador cruzou o Brasil para morar em Chapecó, onde vislumbrava um futuro melhor no esporte. “Saí de um extremo para o outro sem conhecer ninguém”, relembra o amapaense.

Aos poucos, a coragem começa a surtir frutos. Na próxima semana, Deyveson disputará um dos principais eventos de sua carreira como atleta: o Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jítsu, no Rio de Janeiro. “Atualmente estou num momento muito bom, tendo uma resposta boa nos treinos na parte física e técnica”, comemora Deyveson.

Sacrifícios da vida

Para se manter em forma, Deyveson precisa driblar as dificuldades (especialmente financeiras) de ser um atleta de alto rendimento. Musculação na academia? Só quando a grana permite. “Tem vezes que eu limpo o tatame da academia em troca de uma mensalidade”, revela Deyveson.

[]