Nosso Blog
Fellipe Barros

Fellipe Barros

Quando Fellipe tinha apenas um ano de vida, sua família recebeu um baque repetino: o menino foi diagnosticado como alguém que não conseguiria andar.

Fellipe Barros nasceu com paralisia cerebral, o que causou uma atrofia no tendão de Aquiles e em toda a musculatura da parte inferior. O médico, entretanto, recomendou que a prática de esportes poderia ser benéfica neste sentido.

A família de Fellipe agiu rápido e o inscreveu na natação. Mais tarde, quando Fellipe completou quatro anos, seus pais ouviram que matriculá-lo no judô seria importante para que ele aprendesse a cair. “Eu não andava direito e caía muito”, conta Fellipe.

Através de toda essa batalha, o esporte permeou toda a vida do carioca, até que ele chegasse a um estágio jamais imaginado: o esporte de alto rendimento. Sim, Fellipe não apenas aprendeu a andar, como também chegou à elite do paradesporto.

A história de Fellipe Barros como atleta profissional começou no futebol de 7, praticado por atletas com paralisia cerebral. Ele jogou por cinco anos no Vasco da Gama, onde foi inclusive campeão brasileiro da segunda divisão.

[]