Nosso Blog
Quero ser jogador de futebol: por onde devo começar?

Quero ser jogador de futebol: por onde devo começar?

Já dizia a música: quem nunca sonhou em ser jogador de futebol? No Brasil, o esporte é uma das maiores unanimidades culturais e um sonho de praticamente qualquer criança ou adolescentes. É fácil se visualizar no meio do gramado, fazendo o gol do título e comemorando com a torcida e os companheiros. É maravilhoso jogar bola na pelada, desde criança, durante o recreio até aos fins de semana com os amigos enquanto mais velho.

Mas, para ser profissional é mais difícil. É preciso muito trabalho, dedicação e, principalmente, perseverança. Se você uma das coisas que você mais fala é “Quero ser um jogador de futebol!”, confira o texto a seguir e saiba por onde começar.

Treino e condicionamento físico

É um pouco difícil ter a noção, ao ver o jogo de casa, do condicionamento físico que é necessário para ser um jogador de futebol. Os profissionais estão todos em um mesmo nível, então é difícil perceber as diferenças entre eles e os amadores. Mas, elas estão lá.

Nosso país é abençoado no quesito da bola e não é à toa que somos líderes em títulos mundiais e exportamos craques para as maiores equipes do mundo. Talento é o que não falta para o brasileiro, e muita gente tem talento aqui. Quem nunca jogou uma pelada com alguém tão bom que poderia estar entre os profissionais? No entanto, mesmo sendo o talento uma parte importante, é apenas uma parte do todo.

O treinamento é a parte principal. É preciso treinar desde antes da carreira começar até que ela acabe, para garantir que o condicionamento físico estará em dia. Enquanto trabalhar com a bola é legal, o jogador profissional precisa fazer mais do que isso. É preciso passar muito tempo na academia, para ganhar mais força e velocidade.

Para isso, é preciso se especializar. Todo mundo quer ser atacante ou o craque do time, mas o futebol tem 11 jogadores em campo. Escolha a posição que se adapte melhor ao seu gosto, e também ao seu tipo físico, e se especialize nela. É uma forma de sair na frente da competição, até mesmo de outros atletas possivelmente mais habilidosos.

Falando nisso, para evoluir e se desenvolver como jogador é preciso estar cercado de talento. Ninguém melhora jogando com alguém pior, então procure participar das categorias de base. Isso é importante para estar, desde cedo, imerso em um ambiente de competição, com pessoas tão, ou mais, talentosas que você. A carreira profissional não é fácil e o único jeito de evoluir é jogando contra outras pessoas que buscam ser profissionais.

Além disso, as categorias de base ensinam diversos conceitos que irão ajudar a iniciar a sua jornada como jogador profissional. Nas peladas, pelo menos na maioria, é tudo meio bagunçado. Na categoria de base você aprende mais noções de posicionamento, cobertura, jogadas de bola parada e diversos outros.

Esses conceitos são fundamentais para os atletas. Mesmo jogadores talentosos, profissionais, se não souberem se posicionar ou seguir com perfeição as instruções do técnico, não conseguem ficar em campo e são um detrimento à estrutura do time. Tudo isso é extremamente importante, e a categoria de base irá dar o apoio e o conhecimento que o atleta precisa para que essas ações virem segunda natureza e tornem-se automáticas.

No futebol, e em qualquer esporte, tudo muda em questão de segundos. Todos estão no pico da sua forma física e técnica, e qualquer hesitação que seja pode custar uma jogada, ou até mesmo uma partida. Por isso, o atleta profissional não pode “parar para pensar”: ele deve ter os conceitos e a noção de posicionamento no campo tão intrínsecas que todas as ações são automáticas.

Isso não é fácil. A única forma de alcançar esse objetivo é através da repetição, e a categoria de base é uma maneira de exercitar isso desde muito cedo.

O outro complemento à categoria de base são as peneiras. Os testes para novos jogadores entrarem nas equipes são benéficos por diversos objetivos. Permitem que o jogador avalie melhor o seu talento e ainda promovem uma exposição aos times, crucial para que ele consiga assinar um contrato com um deles. Entrar no mercado é difícil e as peneiras podem ser um excelente atalho.

O aspecto mental

Enquanto o treinamento, a preparação física e as peneiras são importantes, existe outro aspecto igualmente importante que, muitas vezes, não é considerado: o mental.

Ser jogador é maravilhoso. O dinheiro, a fama, o reconhecimento, etc. Mas, até lá, a jornada é muito dura, e é preciso ter empenho para encarar todos os problemas até chegar lá.

É preciso ter muita força de vontade. Dia após dia, é preciso acordar cedo para treinar. É importante abandonar vícios como cigarro e bebida alcoólica. É necessário ter disciplina para seguir com precisão a dieta e manter a forma ideal.

Outra boa dica para começar a ser jogador de futebol é fazer cursos extras. Muitos jogadores saem do país, portanto, aprender um idioma estrangeiro é importante. Além disso, os cursos são uma ótima forma de manter a mente afiada e concentrada e, ao mesmo, se distanciar do esporte em alguns momentos.

Mas, o mais importante é manter a esperança e não se sentir derrotado. Muita gente quer ser jogador de futebol profissional e, nessa disputa, invariavelmente o aspirante a atleta irá se sentir derrotado.

Não é muito diferente de nenhuma área profissional, parando para pensar. Dificilmente alguém que está entrando no mercado de trabalho não é demitido ou evita receber um “não” em algumas entrevistas antes de conseguir um emprego. Por isso, é preciso manter a esperança e saber que a carreira não necessariamente irá deslanchar de uma vez.

Por fim, no momento da peneira ou da categoria de base, é muito comum que o jogador busque mostrar serviço. Mas é importante lembrar que futebol é um trabalho em equipe e todos precisam fazer a sua parte para o sucesso do todo. Por isso, o jogador é aquele que faz os outros atletas serem melhores, seja fazendo a bola rodar, posicionando de maneira estrategicamente eficiente, ou mostrando liderança e motivação para todos os outros.

Gostou das dicas? Ser um atleta profissional de futebol é difícil e trabalho, requerendo muita dedicação e perseverança. Se quiser conhecer mais dicas sobre como começar a carreira profissional ou encontrar uma plataforma para poder se conectar com outros atletas, agentes ou clubes, se cadastre na AtletasNow!

[]