Nosso Blog

Voltar

Unip-SP é a campeã das Paralimpíadas Universitárias

Chegou ao fim a terceira edição das Paralimpíadas Universitárias, disputadas no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo. Com recorde de participantes, o evento promoveu oito modalidades e a disputa pelo topo do pódio durou até o final. Na cerimônia de encerramento, realizada na quadra de futebol de 5 do CT, foi anunciada a instituição campeã da edição 2019: a Universidade Paulista (Unip), de São Paulo.

A Unip fez 80 pontos nas Paralimpíadas Universitárias, enquanto a instituição vice-campeã, a Unicesumar-PR, fez 60 pontos. Cada uma ganhou duas modalidades: a Unip levou a melhor no basquete 3×3 e na bocha, enquanto a Unicesumar ganhou as modalidades com o maior número de participantes, o atletismo e a natação. Contudo, como a Unip ainda fez 14 pontos na natação e seis no atletismo, isso fez a diferença para a conquista do título.

Quem completou o pódio foi a Universidade Salgado de Oliveira (Universo-RJ), que somou 50 pontos. O título de Samuel de Oliveira no tênis em cadeira de rodas rendeu 30 pontos para a instituição, enquanto os outros 20 foram garantidos com o segundo lugar geral no atletismo.

O quarto lugar ficou com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), que somou 44 pontos. A surpresa ficou por conta da Universidade Federal do Acre (Ufac), que conseguiu emplacar um quinto lugar com 40 pontos, mostrando que o esporte universitário está se desenvolvendo não apenas no eixo Sul-Sudeste. O sexto lugar foi do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), com 34 pontos.

O vice-presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Ivaldo Brandão, mostrou-se animado com o sucesso da terceira edição das Paralimpíadas Universitárias. “Encerramos uma etapa vencedora. É sempre um desafio que está sendo alcançado. O comitê tem essa expertise, esses desafios. A cada ano vencemos um e já estamos prontos para enfrentar os desafios do próximo ano”, disse à AtletasNow.

Como não poderia ser diferente, o foco em 2020 será a participação nas Paralimpíadas de Tóquio, no Japão. “Obviamente sem esquecer das etapas preliminares, para chegar ainda mais à frente”, ressaltou Brandão.

Paralimpíadas Universitárias

Nesta edição, nada menos do que 382 atletas de 21 estados mais o Distrito Federal estiveram inscritos, um recorde da competição. As Paralimpíadas Universitárias são a continuidade das Paralimpíadas Escolares, que serão disputadas entre os dias 18 e 23 de novembro, também em São Paulo. A diferença entre as duas é que a disputa da Universitária é por ensino, enquanto a Escolar é por estados.

O objetivo das Paralimpíadas Universitárias é estimular a prática esportiva de estudantes universitários com deficiência física, visual ou intelectual, promovendo a ampla mobilização em torno do esporte.

Nesta edição, as Paralimpíadas Universitárias contaram com 14 atletas que também estarão no Parapan-Americano de Lima, no Peru, que começa no dia 23 de agosto. A Unicesumar, instituição vice-campeã, conta com três destes atletas: Edevaldo Pereira da Silva, da seleção brasileira de lançamento de dardo (classe F44), e as gêmeas Beatriz e Débora Carneiro, da classe S14 (deficiência intelectual) da natação.

A AtletasNow esteve presente em todos os dias das Paralimpíadas Universitárias e trouxe uma cobertura exclusiva através do blog e das redes sociais. A missão da plataforma é dar visibilidade ao esporte paralímpico brasileiro e gerar oportunidades através da nossa rede social esportiva.